Espaço reservado

Queira identificar-se,
para aceder ao espaço colaborativo

Senha esquecida?

Chave de leitura

imprimir a páginaexportar em PDFshareinscrever-se ao fluxo RSSreduzir o tamanho dos caracteresAumentar o tamanho dos caracteres

No âmago das políticas nacionais de preservação da biodiversidade marinha, a criação das áreas marinhas protegidas centro é vista de formas diferentes de acordo com os países.
A base de dados dos espaços das AMP da fachada atlântica tem como ambição de representar da melhor forma esta diversidade de abordagens e de ferramentas.

Eis algumas chaves de leitura das fichas de identidade e da ferramenta cartográfica que pode consultar neste site.

Compreender a complementaridade das designações

As áreas marinhas protegidas da fachada atlântica apresentadas aqui respondem à definição da UICN e beneficiam de um estatuto jurídico nacional de AMP. Nesse caso, falamos de ‘designação’ de tipo ‘nacional’.

Numa zona geográfica dada, com o passar do tempo, várias ‘designações’ podem ter sido implementadas, sendo cada uma delas complementar com as outras e respondendo a um objectivo de preservação específico.

De modo a representar da melhor forma esta realidade complexa, cada ‘designação’ beneficia de uma ficha de identidade e de uma representação na ferramenta cartográfica.

Para ter uma leitura completa e justa da protecção num espaço dado, é obrigatoriamente necessário consutar as outras AMP que decompõem este primeiro território, as ‘designações’ e seus efeitos sendo eles complementares (plano de gestão, regulamentações, meios disponíveis, etc.).

Eis seguidamente uma representação esquemática deste tipo de situação com designações e perímetros factícios.

 

 

 

 

 

Esquema representando superposições possíveis entre designações (atenção! estas designações são fictícias!).

Quando consultar uma ficha AMP, consulte também as AMP listadas à direita da ficha « Outras AMP do sector ». Deste modo, terá um apanhado completo da gestão deste território.

Ir até à página de pesquisa das fichas de identidade AMP

Compreender a complementaridade dos diferentes perímetros   

Dentro da própria área marinha protegida, sub-perímetros podem ser definidos. Os sub-perímetros são zonas classificadas, descritas e mapeadas no texto oficial de designação da área marinha protegida. Eles têm:

  • uma regulamentação específica (diferente do perímetro principal)
  • e eventualmente objectivos de gestão específicos.

Frequentemente, os sub-perímetros correspondem a zonas em que a protecção é reforçada.

Uma área marinha protegida pode ter um ou vários sub-perímetros.

Eis seguidamente uma representação esquemática deste tipo de situação com perímetros factícios.

 

 

 

Esquema representando perímetros principais e sub-perímetros de uma AMP

Quando consultar uma ficha AMP, consulte também as janelas: perímetro principal e sub-perímetros. As informações diferentes entre perímetro principal e sub-perímetros são realçadas graficamente. Não hesite em navegar de uma janela para outra para compreender as diferenças.

Ir até à página de pesquisa das fichas de identidade AMP

cimo da página

Logos Atlantic AREA et European Union